Para os celulares Android temos uma maneira prática de manter os dados importantes a salvo. Neste exemplo vamos usar apenas a ferramenta (FreeFileSync).

Vamos realizar a conexão do smartphone ao computador através de cabo USB no modo (MTP), vale lembrar que os aparelhos mais antigos trabalham com ‘USB MSC’.

A nível de usuário, a diferença quando se conecta o android através da ‘USB MSC’ é que os dados são acessíveis como se fosse um pendrive, sendo atribuído uma letra de unidade (E: por exemplo). Isso facilita na hora de usar programas para copiar os arquivos e fazer backup.

Já quando o android é conectado com ‘MTP’, ele é acessado por este protocolo “MTP:\Phone”. A maioria dos smartphones Android já trabalham com este protocolo de transferência por diversos motivos, inclusive segurança.

Exemplo de conexão via MTP.

Porém, alguns softwares não conseguem acessar esses dados por não ser uma unidade de disco. Por isso usaremos o FreeFileSync, que suporta este protocolo, além de ser uma ferramenta excelente para quem usa Windows. (Há versões disponíveis para diversos sistemas operacionais). A versão utilizada neste exemplo foi a 7.7.

Tela principal do FreeFileSync.
Tela principal do FreeFileSync.

Clique no botão “Procurar” como mostra acima e localize a pasta que contem os arquivos do seu smartphone, (Não selecione a parte do cartão de memória ainda, vamos chegar lá).

Passo a passo para selecionar a pasta do celular (Não o cartão de memória).

Acessando o “Meu Computador”, você irá encontrar o seu smartphone, logo ao abrir irá aparecer a partição do celular e também do cartão de memória (se houver). (Lembre-se que para aparecer é necessário desbloquear a tela do aparelho). Selecione ela clicando em “Selecionar pasta”.

Tela do FreeFileSync com a pasta do smartphone selecionada.
Tela do FreeFileSync com a pasta do smartphone selecionada.

Na imagem acima você pode analisar que o endereço ficou como “mtp:\”, no outro lado está selecionado a pasta “C:\BackupCelular\MemoriaInterna”. Crie uma estrutura de pastas como mostra abaixo para organizar melhor, ou se preferir monte a seu gosto.

Estrutura de pastas para organização dos backups, separadas pelo armazenamento.
Estrutura de pastas para organização dos backups, separadas pelo armazenamento.

Agora que estão selecionados a origem (Celular) e o destino (Pasta de backup). Vamos para as configurações clicando no Filtro em Vermelho como mostra abaixo:

Clique no filtro (em vermelho) para selecionar as pastas que serão realizadas o backup.
Clique no filtro (em vermelho) para selecionar as pastas que serão realizadas o backup.

Segue abaixo a tela de configuração:

Configurações das pastas para o backup.
Configurações das pastas para o backup.

Nessa etapa é importante acessar as pastas para ter ideia do que realmente é necessário, temos a pasta “Android” por exemplo que são os arquivos do sistema e não deve ser realizado o backup dessa pasta. Abaixo segue uma configuração básica para servir como modelo para você.

Exemplo de como especificar as pastas que serão realizadas o backup.
Exemplo de como especificar as pastas que serão realizadas o backup.

Feito isso vamos dar um “OK”.

Vamos clicar na engrenagem em verde para configurar a sincronização dos arquivos.
Vamos clicar na engrenagem em verde para configurar a sincronização dos arquivos.

Segue abaixo a tela de configuração:

Selecione o modo espelhar, que irá apenas manter uma cópia dos arquivos.
Selecione o modo espelhar, que irá apenas manter uma cópia dos arquivos.

Clique em “Espelhar” para apenas manter a cópia dos arquivos do Celular na pasta escolhida.

Salve as configurações do backup para não precisar executar todos os passos novamente.
Salve as configurações do backup para não precisar executar todos os passos toda vez que for fazer o backup.

Feito isso, pode clicar no botão “Comparar em Azul”. Irá resultar na seguinte tela:

Resultado da comparação, o backup ainda não foi feito, apenas está mostrando os itens que serão copiados.
Resultado da comparação, o backup ainda não foi feito, apenas está mostrando os itens que serão copiados.

Você pode analisar cada item, escolher individualmente se será feito o backup dele ou não e ainda verifica a quantidade e tamanho dos arquivos, além da quantidade de diretórios. Caso esteja de acordo com a configuração, clique em “Sincronizar”.

Situação da sincronização dos arquivos.
Situação da sincronização dos arquivos.

Acima é a tela de monitoramento da sincronização. É interessante lembrar que caso tenha muitos arquivos grandes, você pode interromper e continuar de onde parou sem problemas. Assim como o seu próximo backup (Caso sempre faça no mesmo local) será mais rápido ainda, simplesmente pelo fato de que o FreeFileSync só irá copiar o mesmo arquivo novamente caso ele tenha sofrido alterações.

Acredito que isso possa ajudar a quem não quer ficar sem os dados contidos nos aparelhos. Vale lembrar também que com as mudanças e instalações de novos aplicativos, algumas pastas a mais deverão ser inseridas na configuração do filtro.

Bom backup!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *